top of page

O nono pecado segundo Dante Alighieri

Atualizado: 28 de fev. de 2023

“Há seis coisas que o Senhor odeia,sete coisas que ele detesta: olhos altivos, língua mentirosa,mãos que derramam sangue inocente, coração que traça planos perversos,pés que se apressam para fazer o mal, a testemunha falsa que espalha mentirase aquele que provoca discórdiaentre irmãos.”Provérbios 6:16-19


Assim como o Senhor, odeio mentir, odeio mentiras e odeio mentirosos. Não por chamar “Maria” e ter a pretensão de ter um milésimo do caráter de “Sua Santidade- a Mãe de Jesus”, nem mesmo por querer ser uma “vestal da moralidade” tupiniquim, mas por ser teimosa, perfeccionista e detestar ser enganada. Tenho pavor de mentirosos de todas as estirpes, enganadores  e  traidores ,mas como não posso aplicar-lhes nenhuma pena , devoto-lhes o meu desprezo eterno.


A MENTIRA não figura entre os atuais sete pecados capitais que são: a” PRESSA, aMANIPULAÇÃO GENÉTICA, INTERFERIR NO MEIO AMBIENTE, CAUSAR POBREZA, SER MUITO RICO, USAR DROGAS E CAUSAR INJUSTIÇA SOCIAL”, mas poderia ser o oitavo desta lista com a nova alcunha de FAKE NEWS.



No meu artigo anterior, viajei pela evolução tecnológica da humanidade e cheguei a conclusão de que há ainda uma boa parte dos habitantes do planeta, que pouco, ou nada evoluíram moralmente, basta ver que um ex agente da KGB  se tornou presidente da Rússia (Vladimir Putin) por viasdemocráticas,  mas se perpetua no poder sustentado pela força de um Estado Totalitário e altamente repressivo. Putin invadiu um país democrático ,como a Ucrânia, por questões geopolíticas , etambém pela ameaça da entrada dela e de outros vizinhos seus na OTAN; além da sede de poder e domínio de Putin que não aceita o papel secundário que a Rússia ocupa hoje no cenário mundial .


A Ucrânia não era o maior país da URSS, mas era de grande importância, na sua posição estratégica entre a Europa e a Ásia, com os seus enormes campos de trigo , as suas reservas de gás natural e petróleo na Crimeia. Putin quer toda a Ucrânia e só não a tomou por completo, pela desorganização de seus generaise pela astúcia do Ocidente, quebrando os pilares financeiros da Rússia e fornecendo armamentos pesados para o exército ucraniano e pela vontade e garra de sobrevivência dos ucranianos liderados por Zelensky.


A manipulação do povo russo em relação a esta guerra absurda, é feita através de muita fake news , com censura do Estado sobre as mídias independentes, voltando aos tempos da “Cortina de Ferro”, quando os russos tinham que ouvir as notícias dos” inimigos” para saberem a verdade dos fatos , que pelas mídias estatais ou pelos jornalistas “chapas brancas” as invasões russas eram chamadas e ainda são,  de “Operações militares Especiais”.


“Quem controla o passado, controla o futuro. Quem controla o presente, controla o passado” a frase slogan do “PARTIDO” no livro( atualíssimo para os nossos tempos) 1984- de George Orwell, escrito em fins da década de 1940,  e que define milimetricamente em sua narrativa de “ficção”  a monstruosidade do MINISTÉRIO DA VERDADE, onde o personagem principal trabalha; numa Londres apodrecida pela corrupção e pelo totalitarismo, onde seus habitantes são vigiados dia e noite, através de um monitor (televisão)  em suas casas e que diz o que pode e o que não se pode fazer.

O cidadão sofre uma lavagem cerebral e quem tenta sair desta dominação estatal , é torturado até se adestrar . Não darei mais spoiler. Orwell foi premonitório quanto à vigilância na vida dos cidadãos controlados hoje, pelos algorítmos , responsáveis pela classificação de conteúdos e maior eficiência nas vendas de produtos ou ideias.


Todos nós mentimos, isto é fato, ninguém é santo. O problema é o tamanho, o alcance e a consequência desta ou daquela mentira. Uma mentirinha para deixar alguém feliz é até uma boa ação, mas quando você se torna escravo de inventar ou aumentar os fatos, criando situações que poderão embaraçar suas pernas e jogá-lo no chão mais a frente, o tombo pode machucá-lo. Quando criamos conflitos entre pessoas, grupos ou entre países, usando de calúnias ou mentiras, o preço a pagar pode ser muito alto.


Antigamente, era mais fácil esconder uma mentira, ou mesmo um fato importante, ou desembarcar na Normandia (06 de junho de 1944) escondido dos alemães... em tempos de Starlink , isso seria impossível. As guerras de hoje são travadas muito mais numa sala de TI, programando o lançamento de foguetes antitanques , usando o sistema de informações DELTA ( rede online de rastreio das Forças russas) testado pelo exército ucraniano, os Drones, os robôs que permitem usar menos contingente humano nas linhas de frente e assim, poupar vidas.


Porém a Rússia, poderosa militarmente , continua insistindo na sua invasão suicida e perversa, levando milhares de jovens recrutados à força a morte e usando de fake News para justificar sua carnificina.

Ao sul do Equador, em terras brasileiras, de políticos da estirpe de um “Odorico Paraguaçu”, personagem da novela O Bem Amado de Dias Gomes- década de 70, demagogo e corrupto, que ilude uma  massa simplória e apaixonada por seu político de estimaçãotemos tanto de direita, quanto de esquerda , qualquer semelhança é mera coincidência , com uma rede de internet abrangente , alçando ao mundo do youtube e do tiktok , políticos e pessoas de conhecimento rasteiro e de moral questionável muitas vezes que fazem milhões de seguidores, alimentam os algoritmos e tornam as redes um terreno fértil para a proliferação de mentiras e boatos infundados tanto no campo da política ou em outros  seguimentos da sociedade ,muitas vezes sem nenhuma régua moral atrás de um monitor.


Temos pessoas, apenas interessadas em chegar ao poder, se eleger, monetizar,  persuadir, não se importando se seu conteúdo é verdadeiro ou profícuo. Vide o episódio de oito de janeiro . Do lado cultural, temos uma alienação, com programas televisivos e digitais como o BBB da Globo, a vida glamourosa e de faz de conta de artistas que vendem uma falsa imagemde felicidade e um vazio enorme de programação inteligente nas tvs abertas.


Na democracia bananeira, ops, brasileira, mentir, não é propriamente um problema, faz parte do Patrimônio Imaterial Cultural da Política brasileira, todos mentem. Mentem para se eleger em algum cargo político, mentem para agradar seus eleitores, mentem para a imprensa, a imprensa mente para agradar o político que dá verbas para o seu veículo de mídia, ou para o seu site. Mentem sobre as reais intenções das matérias votadas na câmara e senado, mentem sobre o orçamento secreto, sobre as PECS votadas nas madrugadas onde os beneficiados são sempre os ocupantes dos TRÊS PODERES.


A Constituição de 1988, se torna hoje obsoleta e com tanta emenda mal feita, virou um monstrengo e de constituição cidadã se tornou uma constituição ineficiente e engessada para o desenvolvimento social e econômico brasileiro.


Enquanto os brasileiros, continuarem acreditando,em coelhinho da páscoa, partidos políticos, que existe direita e esquerda no Brasil, políticos de estimação, salvador da Pátria, reeleição, continuaremos a fazer papel de trouxas.  Santo na política é igual virgem na zona, não existe. É FAKENEWS!


O edifício político brasileiro tem estrutura patrimonialista e é comandado por uma criatura chamada SISTEMA, que te enrola, te oprime e te faz de trouxa a cada dois anos no período eleitoral. Sai um , entra outro, reelegemLiras e Pachecos , o edifício está de pé. Este sistema é como uma hidra, você corta uma cabeça, tem mais dez para te destroçar com impostos a pagar.


Todos fazem parte do sistema, onde o CENTRÃO É O CORPO DA HIDRA. Não adianta brigar com petistas ou bolsonaristas, ou céticos como eu, somos todos vítimas das mentiras e leis amordaçantes , vindas de um sistema onde o orçamento secreto foi institucionalizado e fazendas de políticos são asfaltadas em nome do bem público.


Só uma nova CONSTITUIÇÃO resolveria a situação do povo brasileiro, diminuindo os poderes de um sistema judiciário corrompido e oneroso, implementando plebiscitos, onde o povo poderia participar mais da dita DEMOCRACIA, que é falada e babada, mas não é vivida na prática. Não a baderna, mas sim a lei, a justiça e a igualdade de direitos.  


O SISTEMA quer o povo dividido, façamos o contrário, UNAMO-NOS!

 

 

_____________________________________________

Maria da Conceição Lima Costa- Professora da Rede Municipal de Belo Horizonte – Licenciatura Plena em Geografia -UFMG/INCOR- Pós-Graduação em Educação Ambiental pela Faculdade Rio Branco- SP e Política e Sociedade – Faculdade São Luís- Curitiba-PR. 

 

 

 

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page