top of page

Por que a Medicina

Créditos: Pixabay

Quando escolhi medicina, não foi por acaso. Estava escrito nas estrelas.


O menino do grupo escolar ficava impressionado com Carlos Chagas, o maior cientista do Brasil.


As professoras faziam festa comemorando os feitos do ilustre conterrâneo.


Já na Faculdade de Medicina UFMG, outros heróis fascinaram o jovem estudante como o Cícero Ferreira, o Rosa, o Nava.


Na Santa Casa, JK e Célio Nogueira mostraram o caminho da França. Segui os mestres.


Um privilégio incorporar a cultura européia, misturar e escolher as melhores práticas.


O amor à profissão foi crescendo.


“Escolha fazer o que gosta e nunca trabalharás um só dia” - Kung-Fu-Tzu, o Confúcio.


Tornei me um especialista na Cirurgia cardio-vascular, mas a Escleroterapia com Espuma conquistou-me a tal ponto que tornei-me um divulgador da técnica por todo lado.


Ela levou me à Academia de Medicina e lá voltei a frequentar as outras especialidades e uma nova percepção holística de Medicina me reconciliou com a Medicina Maior. Ampla, geral e irrestrita.

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page