top of page

Itaguara em alerta: notificações de dengue alcançam 11% população


O mosquito Aedes aegypti é o transmissor do vírus da dengue Joao Paulo Burini/Getty Images


A situação da dengue em Itaguara atingiu um novo patamar alarmante, com um aumento significativo nos casos. De acordo com o último Boletim Epidemiológico de Arboviroses Urbanas, divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde, a cidade agora está entre as 35 com maior notificação de casos de dengue em Minas Gerais.


Em uma semana, os casos saltaram de 1.134 para 1.522, representando 11% da população estimada em 13.846 pessoas pelo IBGE. Este é o ano com a maior incidência da doença na história da cidade, e a epidemia continua sem sinal de desaceleração.

Autoridades de saúde estão intensificando esforços, mas a batalha contra a dengue exige uma resposta coordenada de todos os níveis de governo e colaboração da população, dizem os especialistas. Além disso, é preciso apoiar as medidas preventivas e a permamente eliminação de criadouros do mosquito aedes aegypti são fundamentais.


Dia 23 de março: Governo Estadual realizou o Dia D


Além dos esforços locais, a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), por meio das 28 Unidades Regionais de Saúde, promoveu um Dia D contra a dengue em todo o estado. Esta iniciativa faz parte do movimento "Minas Unida no Combate ao Mosquito" e ocorreu em 23 de março.


Durante o Dia D, foram realizados mutirões comunitários em diversas regiões, visando eliminar os focos de reprodução do mosquito Aedes aegypti. Além disso, ações de mobilização foram conduzidas para orientar e conscientizar a população sobre a importância da participação ativa de cada cidadão na prevenção da doença.


Itaguara participou da mobilização estadual. Abaixo, foto do prefeito Geraldo Donizete (Chumbinho), ao lado de uma pessoa vestida como mosquito da dengue:


Foto Divulgação - Prefeitura de Itaguara

0 comentário

Comments


bottom of page