top of page

Câmara de Itaguara deve recuar parcialmente dos aumentos salariais em reunião nesta terça (28/05)


A Câmara Municipal de Itaguara realizará a Oitava Reunião Ordinária nesta terça-feira, 28 de maio de 2024, às 19 horas.


O plenário promete ficar acalorado devido à inclusão na pauta da segunda votação sobre o reajuste dos salários de vereadores, prefeito, vice-prefeito e secretários municipais, um tema que tem gerado muita polêmica na cidade e que foi destaque inclusive na mídia estadual.


Aumentos Aprovados na Última Reunião


Na última reunião, foram aprovados por 7 votos a 1 o Projeto de Resolução Nº 23 e o Projeto de Lei Nº 03, ambos de autoria da Mesa Diretora da Casa. Essas medidas resultaram em aumentos significativos nos salários dos futuros representantes municipais. O Projeto de Resolução Nº 23, apresentado pelos vereadores José Hilton, Antônio Francisco (Bichinho) e Carlos Chaves (Carlão), fixou os subsídios dos futuros vereadores em R$ 6.800,00, um aumento de 50,5% em relação ao atual salário de R$ 4.517,13. Esses valores deverão ser mantidos na votação de amanhã.


Possível Recuo nos Salários do Executivo


O que deve mudar mesmo é o reajuste dos salários do prefeito e do vice-prefeito, anteriormente majorados para R$ 25 mil e R$ 12 mil, respectivamente. Já os salários dos secretários municipais, que terão um aumento de 61,3%, com vencimentos de R$ 10 mil mensais a partir de janeiro de 2025, também deverão ser mantidos.


Reação da População e Proposta de Recuo


Em resposta às críticas da população, o Presidente da Câmara, José Hilton, anunciou em entrevista à Rádio Sagarana FM 93,7 na semana passada que irá recuar parcialmente dos aumentos aprovados na última reunião. Ele disse que proporá uma emenda para diminuir os valores inicialmente propostos. A expectativa é grande para a decisão final na reunião desta terça-feira.


Participação da Comunidade


Na Tribuna Popular, espaço reservado para a participação de pessoas da comunidade, já está inscrito o pré-candidato a prefeito da cidade, Geraldo Gonçalves (Dinho). Ele deverá usar a tribuna para se manifestar contrariamente à iniciativa desses aumentos. Sua participação promete acrescentar mais tensão ao debate.


Na última reunião a participação do ator e estudante itaguarense Alexandre Oliveira ganhou grande repercussão nas redes sociais. Na Tribuna Popular, o estudante pediu aos vereadores que reavaliassem os valores propostos. Mas os edis não levaram em consideração o pedido naquela ocasião.



0 comentário

Comments


bottom of page